Escola de Governo e Gestão Municipal

Prefeito Eduardo Braide participa de celebração de Corpus Christi no Estádio Nhozinho Santos

17/06/2022 13h23 - Atualizada em 27/06/2022 18h58
Secom

O prefeito Eduardo Braide participou da missa solene em celebração a Corpus Christi na quinta-feira (16), no Estádio Nhozinho Santos. Com o tema: “Comunhão, participação e missão” e o lema: “Que todos sejam um” (Jo 17,20), a celebração religiosa deste ano contou com uma multidão de fiéis que voltaram a participar normalmente do evento, após dois anos com restrições na programação devido à pandemia.

“É uma alegria enorme ver o Estádio Nhozinho Santos repleto de fiéis em um dia tão especial que é o dia de Corpus Christi, que é uma solenidade que não se explica, mas que se vive. E fazendo algo tão importante para todos nós, orando, louvando e pedindo que todos possam ter no coração a principal missão que Jesus Cristo nos deixou que é o amor”, disse o prefeito Eduardo Braide, ao lado da primeira dama, Graziela Braide.

A missa presidida por dom Gilberto Pastana, arcebispo de São Luís, teve a participação de todos os movimentos, pastorais e novas comunidades, de todas as 57 paróquias da Arquidiocese, incluindo as 10 paróquias localizadas nos municípios fora da Ilha de São Luís. Na celebração, Dom Gilberto falou da unidade que devemos ter, assim como Jesus é com o Pai e o Espírito Santo, e lembrou que somos convidados a ser servos em louvor e ações.

“Celebrar Corpus Christi é renovar a aliança selada com o sangue de Jesus que se entregou por nós. Somos convidados a fazer de nossa vida um serviço e dom gratuito, para o louvor de Deus. Devemos ser servos de Cristo, pela ação amorosa e sempre fecunda do Espírito Santo e em uma só unidade. E, assim, tornar autêntica a afirmação de nossa fé”, lembrou Dom Gilberto.

A programação deste ano foi iniciada às 15h, com apresentações de grupos de música, dança e teatro, no Estádio Municipal Nhozinho Santos, na Vila Passos. Às 17h, ocorreu a Santa Missa e em seguida a procissão com o Santíssimo Sacramento, que teve paradas em três pontos para benção com o Santíssimo. A primeira parada e benção foi na Igreja São João, Centro; a segunda na Igreja do Carmo, praça João Lisboa; e a última na Igreja da Sé, praça Dom Pedro II. 

Apoio da Prefeitura

A Prefeitura de São Luís deu todo apoio para manter a segurança e organização do evento. Além da cessão do Estádio Nhozinho Santos, a Prefeitura manteve equipes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), da Guarda Municipal, Bombeiros Civis, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Blitz Urbana e ainda da Polícia Militar, durante toda a solenidade.

Também participaram da celebração, a vice-prefeita, Esmênia Miranda; os secretários municipais, Igor Almeida (Secom), Marco Duailibe (Secult) e o secretário adjunto, Henrique Almeida; Ricardo Diniz (Semdel); além dos vereadores Raimundo Penha (PDT), Marlon Botão (PSB), deputados estaduais, federais e representantes de autarquias do Estado.

Sobre a solenidade de Corpus Christi

A solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo (Corpus Christi) é celebrada na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, em alusão à Quinta-feira Santa, quando Jesus se reuniu com seus apóstolos para a Última Ceia.

Esse ato é repetido até hoje pelos sacerdotes durante as Missas, no momento da consagração, quando as substâncias do pão e vinho (neste caso a hóstia e o vinho) se transformam no Corpo e Sangue de Cristo. A cerimônia foi instituída pelo Papa Urbano IV, no ano de 1264. Tradicionalmente, os fiéis produzem tapetes temáticos com representações de trechos bíblicos, símbolos de movimentos eclesiais, pastorais e imagens do próprio Corpo de Cristo, em forma de hóstia ou no ostensório.

OUTRAS NOTÍCIAS