Saúde Mental

 Saúde Mental

 

A política de saúde mental atualmente aponta para uma assistência comunitária, descentralizada, participativa, integral, contínua e preventiva. Define ações dentro de padrões inovadores no tratamento da pessoa com transtorno mental.

A Saúde Mental no município de São Luis tem como principais objetivos:

 

- Assegurar o direito e a proteção das pessoas acometidas de transtornos mentais para uma assistência humanizada, visando sua reinserção familiar, comunitária e profissional;
- Prestar assistência psicossocial a usuários com transtornos mentais, a dependentes de substâncias psicoativas na perspectiva de ampliar a abrangência de serviços substitutivos da atenção diária, partindo de critérios populacionais;
- Tornar-se referência assistencial dos Programas de Tabagismo, Diabetes e Hipertensão com funcionamento semi-integral e não integral.

O modelo proposto em São Luís pela Coordenação de Saúde Mental implica no monitoramento, supervisão e avaliação como processo contínuo das ações em Saúde Mental.

AMBULATÓRIOS DE SAÚDE MENTAL (ADULTO)

São Ambulatórios que assistem pessoas com transtornos mentais e usuários / dependentes de álcool e outras drogas. As equipes são multidisciplinares e funcionam no Filipinho (Ambulatório de Saúde Mental D. João Farina) e no Anjo da Guarda (Ambulatório de Saúde Mental Clodomir Pinheiro Costa).

AMBULATÓRIOS DE SAÚDE MENTAL (CAISCAS – CENTRO DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE)

São Ambulatórios que assistem crianças e adolescentes até 17 anos e 11 meses, portadores de transtornos mentais e comportamentais, além de usuários / dependentes de substâncias psicoativas, TDAH e outros problemas psicossociais. Funcionam nos dois turnos: CAISCA / Clodomir Pinheiro Costa / Anjo da Guarda (turno matutino) e o CAISCA / Farina / Filipinho (turno vespertino).

SERVIÇOS RESIDENCIAIS TERAPEUTICOS – SRT’S

São residências para pessoas portadoras de transtornos mentais e que estiveram internadas por dois anos ou mais, em hospitais psiquiátricos, tendo sido totalmente desassistidos por seus familiares. Os SRT’s tem o objetivo de reinserção na sociedade e resgate da cidadania. Existem 3 (três) Serviços Residenciais Terapêuticos em São Luis: SRT / Filipinho, SRT / Apeadouro, SRT / Monte Castelo.

CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL - CAPS

É um serviço de assistência semi-integral com funcionamento de 2ª a 6ª feira, de 8 hs às 18 hs composto de um equipe multiprofissional, que cuida de pacientes com transtornos mentais e comportamentais, inclusive usuários / dependentes de álcool e outras drogas. As oficinas terapêuticas constituem-se na principal forma de tratamento, que pode ser individual ou grupal, de acordo com a indicação clinica.

 

ENDEREÇOS DOS SERVIÇOS ASSISTENCIAIS DE SAÚDE MENTAL EM SÃO LUÍS/MA

- AMBULATÓRIOS DE ADULTOS:

Ambulatório de Saúde Mental Farina
Turno: Matutino
Rua 03, Qd. 17, nº. 507 – Filipinho
Fone: (98) 3257-6464

Ambulatório de Saúde Mental Clodomir Pinheiro Costa
Turno: Vespertino
Av. Odilo Costa Filho, s/n – Anjo da Guarda
Fone: (98) 3242-5866

 

- AMBULATÓRIOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES – CAISCAS:

CAISCA / ANJO DA GUARDA – Ambulatório de Saúde Mental Clodomir Pinheiro Costa
Turno: Matutino
Av. Odilo Costa Filho, s/n – Anjo da Guarda Fone: (98) 3242-5866

CAISCA / FILIPINHO – Ambulatório de Saúde Mental Farina
Turno: Vespertino
Rua 03, Qd. 17, nº. 507 – Filipinho
Fone: (98) 3257-6464

- SERVIÇOS RESIDENCIAIS TERAPÊUTICOS:

SRT/Filipinho
Rua 02, Qd. 06, nº. 23 - Filipinho.
Fone: (98) 3249 – 1247

SRT/Apeadouro
Rua Viveiros de Castro, 58 – Apeadouro.
Fone: (98) 3222-9045.

SRT/Monte Castelo
Rua Viveiros de Castro, 26 – Monte Castelo.
Fone: (98) 3232-2425

- CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL – CAPS

Assistência Semi-Integral – a partir de 18 anos
Rua Raimundo Correia, 107 – Monte Castelo
Fone: (98) 3222-9858

- CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL – CAPS/AD

Assistência Semi-Integral – a partir de 18 anos
Rua das Figueiras, Quadra 5, Casa 29 – São Francisco.
Fone: (98) 3268-2552

 

PROGRAMA DE ÓRTESE E PRÓTESE

A assistência à saúde e à reabilitação clínica são condições decisivas para a inclusão social do portador de deficiência na sociedade.
A Secretaria de Saúde do Município de São Luis com o objetivo de promover a melhoria da qualidade de vida e autonomia dessas pessoas disponibiliza órteses e próteses, buscando assim a independência da pessoa com deficiência nas suas atividades diárias.

O Programas de Órtese e Prótese da SEMUS faz parte da parte da Política Nacional de Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência que tem por objetivo contribuir no processo de reabilitação do usuário com deficiência, mediante fornecimento de órteses (colete, calha, palmilha, calçado especial, etc.) próteses (perna, protése mamária, prótese auditiva, etc.) e material auxiliar de locomoção (caderia de rodas, muleta, andador).

Para mais informações ligue ao Programa de Órteses e Próteses – telefone 3212-8313.

 

CADASTRAMENTO NACIONAL DE USUÁRIOS DO SUS – CNS (CADSUS)

Consiste no processo por meio do qual são identificados os usuários do SUS e seus domicílios de residência. O Cartão Nacional da Saúde é um documento de identificação pessoal, com nome, data de nascimento, sexo e município de residência do cliente do Sistema Único de Saúde - SUS.
O objetivo do CNS é agilizar o atendimento do usuário do SUS, possibilita a vinculação dos procedimentos realizados pelo SUS ao usuário, ao profissional que o realizou e também à unidade de saúde.
O CNS é necessário e obrigatório para os seguintes atendimentos:

- Medicamentos excepcionais;
- Radioterapia;
- Quimioterapia;
- Acompanhamento pós-transplante;
- Contagem de linfócitos T-CD4/CD8 e Carga Viral do HIV;
- Procedimentos eletivos clínicos e cirúrgicos.

O CNS é emitido em todas as Unidades de Saúde que prestam atendimento aos usuários do SUS. Também são emitidos CNS nos endereços abaixo:

1. Av. dos Franceses , 113 – Alemanha (3212 8434);
2. Av. dos Franceses, S/N – Alemanha (3212 4305)